sexta-feira, 9 de junho de 2017

Novo habitante na estante!

Terminei as aulas do segundo ano da minha licenciatura há uma semana e, para celebrar o facto de ter tido boas notas ao longo do ano letivo, os meus pais vão oferecer-me livros. O meu pai já encomendou três, mas só vou falar neles quando eles chegarem. A minha mãe comprou a sua oferta ontem.



Sinopse retirada do site da Bertrand:


O jornalista angolano Daniel Benchimol sonha com pessoas que não conhece. Moira Fernandes, artista plástica moçambicana, radicada em Cape Town, encena e fotografa os próprios sonhos. Hélio de Castro, neurocientista brasileiro, filma-os. Hossi Kaley, hoteleiro, antigo guerrilheiro, com um passado obscuro e violento, tem com os sonhos uma relação ainda mais estranha e misteriosa. Os sonhos juntam estas quatro personagens num país dominado por um regime totalitário à beira da completa desagregação. 

A Sociedade dos Sonhadores Involuntários é uma fábula política, satírica e divertida, que desafia e questiona a natureza da realidade, ao mesmo tempo que defende a reabilitação do sonho enquanto instrumento da consciência e da transformação.






Pedi à minha mãe para me oferecer o mais recente romance do escritor angolano José Eduardo Agualusa. Nunca li nada deste autor, portanto, tenho muita curiosidade em relação às suas obras. Além disso, também gostaria de ler mais autores que escrevem em língua portuguesa, mas que não nasceram em Portugal.



E vocês? Já leram algum livro deste autor? Gostaram?



 

Sem comentários:

Enviar um comentário