quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

E mais um livro na estante!

Como já tinha dito anteriormente, tenho, até agora, 3 leituras obrigatórias para o segundo semestre. Uma delas, Madame Bovary, adquiri no domingo passado. Ontem, comprei O Primo Basílio, de Eça de Queirós.
A primeira vez que eu li uma obra de Eça foi no ensino secundário. Li Os Maias, um romance de grande qualidade, mas que me deixou a bocejar algumas vezes. Depois, na Universidade, li o conto "A Perfeição" e gostei imenso, talvez devido à sua componente mitológica. Desta vez, vou ler um outro livro conhecido do autor que já me tinha deixado intrigada anteriormente. Irei lê-lo, provavelmente, no próximo mês, logo a seguir à leitura do romance de Gustave Flaubert.



Sinopse retirada do site da Bertrand: 
Luísa e Jorge são o modelo do casal burguês da Lisboa de finais do século XIX, a que apenas faltam os filhos para alcançarem a plenitude da felicidade. Porém, quando Jorge é forçado a afastar-se da mulher e a partir para o Alentejo durante algumas semanas, Luísa deixa-se levar pelo tédio e pelo aborrecimento de estar sozinha em casa. A chegada do seu primo Basílio, que antes de emigrar para o Brasil a cortejara, acaba por conduzi-la a uma teia de enganos, adultério, chantagem e tragédia, numa brilhante sátira à moralidade e aos costumes da época como somente Eça de Queirós seria capaz de criar.



Apesar de ter comprado esta edição de bolso, o tamanho da letra é suficientemente bom e o preço fez bem à carteira.
Falta-me comprar o livro de Agustina Bessa-Luís, Vale Abraão, que foi encomendado na livraria, pois encontrava-se esgotado.


E vocês? Já compraram livros este ano?



Sem comentários:

Enviar um comentário