sexta-feira, 9 de outubro de 2015

Vai e Põe uma Sentinela está prestes a chegar às livrarias!

Após o estrondoso sucesso internacional de Vai e Põe uma Sentinela (Go Set a Watchman, na versão original), de Harper Lee, a Editorial Presença decidiu traduzir o livro que conta o reencontro do pai e da filha que os leitores puderam conhecer no clássico To Kill a Mockingbird (em Portugal, como teve várias edições de editoras diferentes, também teve títulos distintos: Mataram a Cotovia e Matar a Cotovia são duas delas).


No dia 1 de outubro, a Editorial Presença publicou esta fotografia na sua página oficial no Facebook.


Chicago Tribune descreveu-o como "uma obra de arte" que merece o estatuto de besteller que alcançou em vários países. O leitor reencontra Jean Louise Finch (Scout), que decidiu partir de Nova Iorque para visitar o pai, Atticus, no Alabama. Nos meados dos anos 50, a nação enfrenta vários problemas raciais e é neste ambiente que Jean Louise desvenda segredos perturbadores sobre a sua família, a cidade e as pessoas de quem mais gosta. A partir daí, questiona-se sobre os seus valores e princípios, sendo levada a encarar problemas pessoais e políticos.


A edição portuguesa de Go Set a Watchman, de Harper Lee. Tem 240 e custa 15 euros e 21, se for encomendado através do site da Bertrand. 



Antes de publicar To Kill a Mockingbird, Haper Lee tinha escrito Vai e Põe uma Sentinela, mas a sua editora estava mais interessada na infância da personagem principal. Assim, Harper Lee decidiu escrever o romance que viria a tornar-se num dos clássicos mais aclamados na literatura norte-americana. 
Desde a publicação de Mataram a Cotovia, pensava-se que o manuscrito de Go Set a Watchman tinha desaparecido, mas foi encontrado em 2014, tendo sido finalmente publicado este ano. 
O livro chegará às prateleiras portuguesas no dia 21 de outubro.


Em 1960, Harper Lee viu To Kill a Mockingbird a ser publicado. No ano seguinte, o seu romance ganhou o Prémio Pulitzer de Ficção.

Sem comentários:

Enviar um comentário