domingo, 13 de setembro de 2015

Opinião: A Cidade de Vidro, de Cassandra Clare



Sinopse retirada do site da Bertrand:

Para salvar a vida da mãe, Clary tem de ir à Cidade de Vidro, o lar ancestral dos Caçadores de Sombras - não a incomoda que a entrada nesta cidade sem autorização seja contra a Lei e que violá-la possa significar a morte. Piorando mais a situação, ela vem a saber que Jace não a quer lá e que Simon foi encarcerado na prisão pelos Caçadores de Sombras que suspeitam de um vampiro que tolera a luz do Sol. Ao tentar descobrir mais pormenores sobre o passado da sua família, Clary encontra um aliado no misterioso Sebastian. Com Valentine a reunir toda a força do seu poder para destruir de uma vez por todas os Caçadores de Sombras, a única possibilidade de estes o derrotarem é combater ao lado dos seus eternos inimigos. Mas podem os Habitantes do Mundo-à-Parte e os Caçadores de Sombras pôr de lado o seu ódio mútuo e aliarem-se? Embora Jace compreenda que está pronto a arriscar tudo por Clary, poderá ela utilizar os seus poderes recentes para ajudar a socorrer a Cidade de Vidro - custe o que custar? O amor é um pecado mortal e os segredos do passado provam ser letais quando Clary e Jace enfrentam Valentine no último volume da trilogia Os Instrumentos Mortais - obra que figura na lista de sucessos literários do New York Times.Caçadores de Sombras é o título da trilogia que começa com A Cidade dos Ossos, com uma fantasia urbana povoada por vampiros, demónios, lobisomens, fadas, e que é um autêntico romance de acção explosiva.



Opinião: A coleção Caçadores de Sombras tem seis livros, tendo eu já lido os dois primeiros (aos quais atribui, somente, quatro estrelas) e , hoje, terminei a leitura do terceiro. Este terceiro livro... Foi arrebatador!


Estamos perante o culminar da situação que tinha sido iniciada nos livros anteriores: a luta entre os Caçadores de Sombras e o traidor, Valentine Morgenstern. Antes de haver a luta propriamente dita, deparamo-nos com o desenvolvimento das personagens, bem como mais alguns detalhes acerca do mundo dos Caçadores, como a sua hierarquia e a sua capital, Idris. É neste livro que conhecemos um pouco mais sobre estes guerreiros que matam demónios: muitos são antiquados e corruptos, outros querem, de facto, mudar a sua sociedade, a fim de viverem em harmonia com as outras espécies sobrenaturais, como as fadas, os vampiros e os lobisomens. É claro que temos, ainda, os feiticeiros, mas estes não são tão excluídos como as outras espécies. Portanto, a autora fez um bom trabalho ao desenvolver mais o mundo que criou. Gostei imenso a aliança entre os seres "demoníacos" e os Caçadores (sim, as fadas, os vampiros, etc, são considerados demoníacos por alguns Caçadores).


Quanto ao enredo, estamos perante uma autêntica montanha-russa! É um misto de emoções: por vezes. temos momentos engraçados, graças aos sarcasmo de Jace e de Simon, por exemplo. No entanto, logo a seguir, temos raiva, sofrimento e desespero. Também temos momentos amorosos que, de facto, nos aquecem o coração. As palavras que o Jace diz a Clary... Ai, o meu coração não aguenta essas coisas! Tudo isto não teria funcionado sem a brilhante escrita da autora. Embora tenha lido a versão portuguesa, reparamos, na mesma, o quão magnífica é a sua escrita. O seu gosto pelo detalhe, os diálogos fortes entre certas personagens, como Jace e Clary, nos quais há palavras tão belas. Cassandra Clare é, efetivamente, uma excelente escritora! É pena haver alguns erros de tradução... Penso que a revisão não foi feita de forma eficiente. Havia erros que poderiam ter sido evitados. Contudo, apenas quero dizer que Cassandra Clare merece a grande base de fãs que possui!



Para além de todas as características fantásticas mencionadas anteriormente, o ponto forte deste livro foi o desenvolvimento das personagens até porque, sem elas, muita coisa não teria acontecido. Vemos uma Clary muito determinada, mas é uma rapariga que consegue ser um pouco casmurra e exigente, o que acaba por complicar a situação. No entanto, ela não desiste dos seus objetivos. Jace é impressionante: é sarcástico, valente e misterioso, mas conseguiu cativar o meu coração! Ele odeia magoar os que mais ama, mas houve situações em que ele teve que afastar essas mesmas pessoas e ele não gostou nada de fazer tal coisa! Lá no fundo, ele tem um bom coração, escondendo-o com uma certa frieza e com altas doses de sarcasmo. O sarcasmo dele é espetacular! Simon, desta vez, esteve mais "apagado". Talvez porque ter sido a personagem que mais mudou. Nos outros livros, ele era muito divertido, apesar de tudo o que lhe aconteceu. Todavia, ele amadureceu. Todos estavam a ser ameaçados e eram obrigados a lutar contra o mal e, por isso, ele ficou mais sério. Gostei muito dessa mudança, mas senti falta do seu humor e da sua fofura (bem, isso é uma opinião pessoal). Poderia continuar a falar de outras personagens, mas é melhor não alongar muito. Isabelle continua badass com o seu chicote. Adoro-a imenso! Tem um belo estilo, não tem medo de dizer o que pensa e é uma excelente lutadora. Alec também surpreendeu-me ao fazer uma certa "coisa" ao Magnus. Eu senti algumas lágrimas nos olhos! Por falar em Magnus, ele esteve um pouco desaparecido desta vez. Ainda assim, nos poucos momentos em que apareceu, ele conseguiu brilhar. É caso para dizer que Cassandra Clare sabe "inventar" personagens. Ela sabe torná-las credíveis, reais, e apresentam muitos traços diferentes, cativando qualquer leitor. O mais impressionante é o facto de amarmos as personagens, apesar das suas imperfeições. Por exemplo, houve momentos em que quis "acordar" a Clary, dizê-la para amadurecer um pouco. Porém, eu ainda sentia compaixão por ela e gostei de como ela tentou enfrentar os seus erros e imperfeições. Ao enfrentar os seus problemas, ela conseguiu destacar-se no meio de tantas personagens fabulosas.


Em suma, Cassandra Clare, neste terceiro livro, fez um excelente trabalho! O desenvolvimento das personagens foi bem conseguido e a sua escrita continua incrível. Como a coleção tem mais três livros, Clare conseguiu, ainda, "convencer" o leitor a explorar o mundo dos Caçadores e das outras espécies através dos livros seguintes. Deste modo, mal posso esperar para ler o quarto livro, que já se encontra na minha mesinha de cabeceira!

Classificação: 10/10 estrelas

Sem comentários:

Enviar um comentário