quarta-feira, 1 de julho de 2015

Divulgação: Um tigre nas florestas da noite, de Margaux Fragoso




Sinopse retirada do site da Bertrand:

Num dia de verão, Margaux Fragoso conhece Peter Curran numa piscina pública e os dois começam a brincar. Ela tem sete anos, ele cinquenta e um. Quando Peter lhe abre as portas de casa, com o seu jardim repleto de todo o tipo de animais domésticos, acaba por criar, à semelhança do que Lewis Carroll fez com a sua musa Alice, um mundo fantástico onde a rapariga pode dar asas à sua imaginação. A mãe de Margaux, uma mulher mentalmente instável e apática, também encontra naquela casa um refúgio para os seus problemas.

Pouco a pouco, Peter irá assumir o papel de companheiro de brincadeiras, pai e amante de Margaux. Fascinante e manipulador, imiscui-se em todos os aspetos da sua vida ao longo de quinze anos até a levar quase ao suicídio. No entanto, quando Margaux tem vinte e dois anos, acaba por ser Peter - doente e destruído pela culpa - quem se suicida.

Narrado com lirismo, profundidade e uma clareza inebriante, Um Tigre nas Florestas da Noite ilustra na perfeição o poder curativo da memória e da revelação.



Sem comentários:

Enviar um comentário