terça-feira, 23 de junho de 2015

"Shatter Me" poderá vir a ser uma série televisiva.




Shatter Me, de Tahereh Mafi, é o primeiro livro da trilogia com o mesmo nome, que nos narra uma jovem com um problema muito grave, Juliette: o seu toque é fatal, isto é, mortal.

A trilogia Shatter Me, que não se encontra publicada em Portugal.

Estamos perante um livro distópico, pois o mundo está a ser devastado por doenças, é difícil encontrar comida, as aves já não voam e as nuvens têm a cor errada.

A protagonista, Juliette, encontra-se confinada no Reestablishment (em português, seria algo como Restabelecimento, um nome um pouco estranho ao ser traduzido, não acham?) por ser considerada uma assassina devido ao seu toque fatal. No entanto, o Reestablishment acaba por concluir que Juliette será muito útil para o que têm em mente.

Como forma de divulgar o livro, consideram o mundo criado tão fascinante como o de Os Jogos da Fome e que a história é tão  empolgante como a d' Os X-Men, possuindo um twist paranormal que irá deixar os leitores entusiasmados pelo livro seguinte.

A trilogia é acompanhada por duas novelas, Destroy Me e Fracture Me.

Apesar de parecer ser uma trilogia fascinante, que por acaso tem uma boa classificação no Goodreads ( o primeiro livro tem 4.04 estrelas) e, podemos considerar, um grande fandom, não se encontra publicada em Portugal. Aliás, já vi muitos bloggers portugueses falarem muito bem, pelo menos, do primeiro livro. Deste modo, penso que editoras como Editorial Presença ou Porto Editora deveriam pensar em publicar esta trilogia. Se tal acontecer, espero que mantenham as capas originais, uma vez que são magníficas!

Ainda assim, decidi informar que a trilogia poderá vir a ser adaptada para o pequeno ecrã. Os responsáveis são a ABC Singature Studios e a autora será uma produtora consultora da série, isto é, prestará ajudas e conselhos aos responsáveis pela série.



A autora de Shatter Me, Tahereh Mafi, transmite aos seus fãs a boa notícia pelo Twitter.
Embedded image permalink
A autora agradeceu o apoio dos fãs pelo Twitter




Sem comentários:

Enviar um comentário