terça-feira, 23 de junho de 2015

Prémio da União Europeia para a Literatura Contemporânea entregue a David Machado




É a terceira vez que Portugal recebe este prémio. A primeira vez ocorreu em 2009, entregue à escritora Dulce Maria Cardoso pela sua obra Os Meus Sentimentos. Mais tarde, em 2012, o prémio foi atribuído ao escritor Afonso Cruz graças ao seu livro A Boneca de Kokoschka. Este ano, é atribuído a Índice Médio de Felicidade, de David Machado.

Obra vencedora do Prémio da UE para a Literatura Contemporânea em 2009.
Edição de 2014


A cerimónia ocorrerá hoje, em Bruxelas, e será presidida pelo comissário europeu responsável pela Educação, Juventude e Desporto, Tibor Navracsics.


Vencedor do Prémio da UE para a Literatura Contemporânea em 2012.
Edição de 2010


Esta distinção foi criada em 2009, a fim de "valorizar a criatividade e o património da literatura contemporânea na Europa".


Romance vencedor do Prémio da UE para a Literatura Contemporânea este ano.


Sem comentários:

Enviar um comentário