sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Opinião: Wicked Lovely-Amores Rebeldes, de Melissa Mar

Estou a ler
Sinopse: REGRA # 3: 

Não olhar para fadas invisíveis.
Desde que nasceu, Aislinn sempre viu fadas. Poderosas e perigosas, elas caminham ocultas entre os mortais. Aislinn tenta passar despercebida pois estes seres não gostam de ser descobertos e costumam castigar com crueldade as pessoas que detectam a sua presença. REGRA # 2: 

Não falar com fadas invisíveis.
Agora as fadas perseguem Aislinn. O rei das fadas Keenan, aterrorizante e sedutor, tenta cativar Aislinn, fazendo perguntas que ela tem medo de responder. REGRA # 1: 

Nunca chamar a atenção delas.
Agora é tarde demais… Keenan, o Rei do Verão anda numa busca incansável pela sua rainha há nove séculos e está determinado a converter Aislinn na sua rainha a qualquer custo. 

Quando as regras secretas que sempre a tinham protegido deixam de funcionar, de repente está tudo em risco: a sua liberdade; o seu melhor amigo, Seth; a sua vida; tudo. Intrigas sobrenaturais, amores mortais, e confrontos entre reis antigos e expectativas modernas cruzam-se no enredo deste espantoso conto de fadas que Melissa Marr imaginou para o século vinte e um.


Opinião: 
Gostei muito do livro. Apresenta um bom conteúdo, sendo cativante no sentido de ter um bom tema, isto, é fadas e assuntos relacionados com elas.
Penso que a autora foi original, mesmo usando pequenos excertos de livros deste assunto. É um livro bem escrito e que nos faz ansiar por mais.

Contudo, por vezes, achei que a descrição estava um pouco em demasia, ou seja, a autora não passava logo à ação, isto é, demorava um pouco a caracterizar o que a personagem sentia e fazer comparações e coisas do género.

Uma outra coisa que me deixou com o pé atrás foi a protagonista, a Aislinn. Eu não quero dizer que não gostei dela. Aliás, gosto da personagem, mas para mim é um pouco confusa pois, ora é altruísta, pronta para defender a sua Avó e o Seth, ora é demasiado egoísta e um pouco refilona.

Ainda assim, gostei do triângulo amoroso presente. Eu sei que é comum haver um triângulo amoroso, principalmente quando é entre dois rapazes e uma rapariga. Isto aconteceu aqui, mas achei-o diferente, pois não é bem um triângulo amoroso, já que no caso de Keenan, este não sente um amor muito forte por Aislinn, mas sente-se fraco por esta não o querer. Ainda assim, Keenan tem uma pessoa que ama realmente. Além disso, gostei da relação de Seth e Aislinn, uma vez que é reconfortante e, até, carinhosa, porque Seth esperou muito tempo por ela e sempre foi muito paciente, interessando-se mais pelos sentimentos dela do que pelos seus.

Concluindo, achei a história, isto é, o enredo, muito interessante e bem construído, tendo gostado do mundo feérico apresentado. Também apreciei muito as personagens e as suas ações, sendo estas até capazes de levantar um lado um pouco moral.
Por isso, aconselho a leitura deste livro e irei continuar a ler a coleção, já que tem quatro livros publicados em Portugal, mas penso que haverá mais um que, se não estou em erro.

Classificação: 4/5 estrelas

Sem comentários:

Enviar um comentário